Irresistible - Capítulo 8


Primavera (:




Ally P.O.V 

Após alguns dos dias, depois do acidente com os carros, eu vi os meninos muitas vezes, de primeira vista eu tinha gostado deles, eram diferentes do que eu imaginava de pessoas famosas. Eu sempre tive um certo desprezo, pelas pessoas que eu via que não eram as mesmas mais, depois da fama, acho que isso nunca devia subir á cabeça de alguém, mesmo tudo parecer um mundo novo, você tem que se adaptar, e continuar quem você era antes, e eu via isso nos meninos, eles eram realmente boas pessoas, sempre rindo e brincando, eles tinham ido a África, em Ghana, para fazer caridade, fizeram o Red Nose Day, do qual o Lou pintou o cabelo, de vermelho - Ri mentalmente estava muito engraçado, mas agora ele já voltou com o cabelo normal, uma pena, eu tinha gostado. - Isso me fazia admirar os minos, o que fez a gente se aproximar um pouco depois do incidente com o carro.
Depois de alguns dias, os mais quentes que eu passei aqui, mas mesmo assim, um pouco frios, a primavera chegou com o Sol mais bonito que alguém jamais pode imaginar, a primeira manhã de primavera, depois de um longo Outono frio, eu ouvia os pássaros cantarem, as flores brotarem, e o Sol raiar mais que tudo, abri a janela encarando aquele dia lindo, e senti um vento gostoso passar pelo meu rosto, Deus, definitivamente a primavera é a melhor das estações.
Tomei meu banho, morno, eu senti a água escorrer pelo meu corpo, juntamente com os pensamentos em minha mente, o banho é o melhor lugar do mundo para se ter ideias.
Vesti um short, e uma camiseta, juntamente com um chinelo, roupas confortáveis, definitivamente, eu me sentia estranhamente melhor hoje, acho que pelo fato de ser um lindo sábado, que eu não tenho deveres da faculdade, nem aula, nem trabalhos, nem nada, eu estava completamente livre e sem nada para fazer, nada como um bom e velho livro, me sentei e aconcheguei no sofá macio, colocando minhas pernas para cima, e me ajeitando numa posição para ler, eu tenho agora uma certa ligação com o meu Loft, não sei, acho que ele tem tudo que eu preciso, eu enchi de lembranças, de cada dia, eu tinha fotos com os meninos, com meu pai, com minha mãe, com meus velhos amigos, meu namorado, ou não sei, eu não sei. De verdade, eu não sei o que eu estou fazendo aqui, eu não sei porque eu não estou correndo atrás deles, ou vice-versa, eu não entendo, pessoas que eu amo, se era assim, eles não podem me deixar um e-mail e nunca mais falar comigo, não se tem noção do quanto isso tem me magoado, e muito. Eu só queria viver um romance como nos livros de amorzinho, que eu amo ler, assim como o de agora, chamado "A Culpa É Das Estrelas" eu nunca li algo tão profundo, e bonito como o amor desses jovens, mas esses dias, eu ando pensando, pensando muito, e.. acho que eu não poderia viver isso com Zach, de certa forma agora, ele me lembrava aqueles primeiros namorados de uma garota, que na verdade não tinham nada a ver com ela, mas que ela estava com ele simplesmente por estar, até achar seu verdadeiro amor. Mas o caso é, quem é meu verdadeiro amor? Essa dúvida dói e me consome cada vez mais, porém, tudo a seu tempo, se eu não estou, ou estou - Não sei em que Status, está meu relacionamento com Zach agora - com alguém, quer dizer que não é o tempo, ou não, eu nunca ouvi falar sobre tempo do amor, e isso é real, amor, não tem tempo, amor não se define hora, nem data, mas sentimento.
É isso que importa, eu me sentia mal agora, eu estava simplesmente largando Zach por alguns dias que eu passei fora, que foram uns oito dias, eu não sou esse tipo de garota - Meu pensamento dizia, mas meu coração se manifestava de uma maneira diferente- "Eu não posso me forçar a estar com alguém, e esse alguém nem me ligou!" - E aí fica a minha dúvida, qual dos dois seguir? - Minha vida + Dúvida Cruel = Droga.
Meus pensamentos foram interrompidos por uma mensagem do Tommo:
"Hey Carrot, o que acha de vir pra cá hoje? O dia tá lindo não é mesmo? Vamos fazer alguma coisa? Já comeu? Porque eu estou com fome.. (: xxLou"
Sorri, eu sabia cozinhar algumas coisas na verdade, então fechei meu livro, e calçei meu chinelo, em direção a casa do Lou, que era bem perto, á propósito.
Toquei na porta como em The Big Bang Theory, minha série favorita, e o Lou abriu com um sorriso no rosto mas parecendo cansado.
Lo: HIIII CARROT! - Disse me abraçando forte.
A: Quanto amor Tomlinson - disse passando por ele, e vendo os meninos na sala, Niall e Liam jogando video-game, igual viciados, e Hazza assistindo. Taquei uma almofada neles - Olá, eu estou aqui..
N: Oi.
Li: Ally, legal - Eles disseram sem desgrudar os olhos da tela.
H: Ally, Oi! - Hazza disse considerávelmente mais animado, vindo me abraçar.
A: Hey Styles! - Disse abraçando ele também, e logo depois passando os olhos para os viciados. Pigarreei alto - Eu dúvido que vocês ganhem de mim.
N&Li: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA - Niall e Liam começaram a rir da minha cara, e eu cheguei mais perto para ver qual era o jogo.
A: Resident Evil 4? Amadores. - Peguei o controle da mão do Niall, e continuei jogando com o Liam, com dois minutos eu explodi todos os zumbis, coisa que eles estavam tentando fazer á horas. - CHUPA LIAM E NIALL! HAHA
H: Cara, ela é foda.
Lo: Liam, cara, eu tava torcendo pra você...
Li: Vei, ela é muito boa...
N: Isso dói.
A: Eu falei... Mas, onde está o Zayn? - Eu disse. Desde que cheguei eu não vi o Malik.
Lo: Banho. - E dito e feito, eu escutei a porta se abrindo, e vi Zayn saindo do banheiro com uma toalha em volta da cintura.
H: Hey Malik, vista-se, temos visita.
Z: Quem?
N: Ally. - Ele deu uma olhada em mim, e correu para o quarto, eu ri e continuei jogando, agora contra o Hazza, outro perdedor...

Oi (: eu não tenho nada a comentar sobre esse capítulo, aliás, eu provavelmente vou dispensar esses comentários, pois eu tenho um aviso pra dar, e eu vou postar uma publicação para isso, como eu sou liamda, então, comentem o que vocês acharam aqui embaixo, ou não, foda-se também (:

Um comentário:

  1. Zaynte tá mt WOW,vc é D+,nem tenho palavraspra definir q tá divo !!!!!

    ResponderExcluir

« »